Araras-cinza-azuladas (1986)

Araras-cinza-azuladas (1986)
Clique para ampliar
Preço: R$230,00
Disponibilidade: Em estoque
Modelo: xilogravura
Fabricante: Angela Leite
Classificação média: Sem classificação

Anodoryhynchus glaucus

Xilogravura, 22,5 x 12,5cm (VxH)

Distribuiçao: Mata-Atlântica da Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai (espécie extinta)

Arara-cinza-azulada (Anodorhyncus glaucus)

Pela Arara-azul-pequena (Anodorhyncus glaucus) nada mais podemos fazer, pois o último indivíduo conhecido foi visto até 1905 no Jardin d’Acclimatation em Paris, como o ornitólogo Jean Delacour informou a Helmut  Siek.

Na região fronteiriça da Argentina e Uruguai, já era muito rara no final do século XIX; ao longo do rio Paraguai e Paraná foi comum até as primeiras décadas deste século, nidificando em ocos de árvores ou em barrancos dos rios e freqüentando baixadas com palmeiras, especialmente em Santa Catarina e Rio Grande do Sul (Ornitologia Brasileira).

Seu último registro de avistagem, nos primeiros anos do século passado, está longínquo demais para que esperemos reavê-la, mas próximo o bastante para lamentarmos sua perda.

Escrever opinião
Seu nome:


Sua opinião: Nota: O HTML não está traduzido!

Classificação: Ruim            Bom

Código de verificação:

Não há imagens adicionais para este produto.